Portal do Aluno

2017

Projeto “Escola Gentil” ensina alunos a desenvolverem empatia

Projeto “Escola Gentil” ensina alunos a desenvolverem empatia

O Colégio Padre Anchieta criou o projeto com a intenção de melhorar o comportamento dos alunos perante os colegas e funcionários
Em 2016, o Colégio Padre Anchieta deu início a um projeto chamado “Escola Gentil”. O trabalho foi pensado, inicialmente, pelas professoras Sandra (História e Ética), Maria Carolina (Português) e Marianna (Ciências) e agora, após um ano, a importância do projeto foi notada pela melhora significativa no comportamento dos alunos.

A professora de Biologia e diretora pedagógica, Luciana Battelli, revela que o corpo docente do colégio estava preocupado com atitudes desrespeitosas de alguns alunos e, por isso, decidiu fazer algo. “O Escola Gentil surgiu após observarmos algunscomportamentos grosseiros entre os alunos. O projeto teve início com intervenções na rotina das salas de aula e foi tomando corpo. Nesse ano, ele está mais organizado, há várias ações contínuas desde o começo de 2017 e outras ações pontuais”, explica Luciana.

As ações contínuas são baseadas no Caderno Gentil, onde os alunos escrevem elogios aos colegas e nas comemorações de aniversários. Neste dia, o aluno deve produzir artesanalmente uma lembrança para o aniversariante do dia que pode ser um colega de sala de aula ou funcionário da escola. Os alunos se revezam na confecção dos presentes, assim todos têm a oportunidade de participar.

Os alunos participantes do projeto são do Fundamental II (6º Ano, 7º Ano, 8º Ano e 9º Ano) e do Ensino Médio. As ações pontuais são realizadas pelos alunos do Ensino Médio com algumas intervenções diretas nas salas de aula para desenvolver a empatia, já que alguns alunos possuem certa dificuldade nisso e acabam cometendo bullying com outros colegas.

As professoras relatam que houve uma mudança no comportamento da maioria dos alunos e os próprios perceberam isso. “Estou relativamente mais calmo e menos sarcástico”, é o que afirma Natan da Silveira, aluno do 8º Ano. Rene Huang, aluno do 6º Ano, diz que percebeu a mudança no comportamento dos seus colegas. “Alguns pararam de ser violentos”, comenta o estudante.

Quando indagados se estão gostando de fazer parte do “Escola Gentil”, a resposta é sim. “Estou gostando, porque, por exemplo, no Caderno de Gentilezas podemos elogiar os colegas, o que hoje em dia é muito difícil, pois só criticamos os outros. No calendário,você dá uma carta e através dessa carta podemos dizer coisas muito legais que podem valer mais que presentes", pontua Larissa Reis, aluna do 7º Ano. 

Vídeos Ensino Fundamental 2

Ver Todas
  • 027.JPG

Galeria de Fotos


  • 8.jpg
  • 888.jpg
  • 88.jpg